Flores de Garrafa Pet

Olá pessoal, hoje estamos apresentando nosso novo produto: Flores criadas a partir de garrafas pet. Recentemente a equipe da Encomum veio trabalhando nessa técnica que consegue fazer com que as garrafas pet fiquem parecidas com vidro, e como podem ver conseguimos!!!

O produto é focado na decoração de interiores, e tem uma vantagem super bacana: todos sabemos que o plástico demora aproximadamente 1000 anos para se decompor, então já pensou em ter flores que demoram MIL anos para murchar? Não é tentador? Além de que ainda estará fazendo um bem enorme para o planeta. Só tem vantagens em adquirir um produto desses não é?

As flores custam 5 reais a unidade e 20 reais um buquê com 5 flores.

Agora responda sinceramente: Parece uma garrafa de refrigerante?

Coluna Mobiliária

A designer Sophie Mensen desenvolveu uma proposta bem bacana para um móvel diferente: Uma Coluna.

Optei por trabalhar com uma forma que é absorvida pelo espaço, a coluna, um elemento construtivo da casa. A coluna também é um monumento para impressionar, para lembrar de eventos importantes que não podem ser esquecidos. A coluna como um monumento e a coluna como um elemento construtivo são o equivalente da minha coluna, mas o tamanho e a escala que se encaixa em nosso interior…. com a minha coluna,  proponho a questão é um componente da arquitetura ou é mobiliário?

 

Fonte: http://www.core77.com/

 

 

 

Carteira Ecobag

Oi galera! Como prometido aqui está o nosso novo produto uma carteira que se transforma em uma sacola, ideal para compras pequenas. Abaixo tem uma matéria muito interessante  sobre o uso da sacola plástica, descubra se você é um poluidor ou um conscientizador

 

 

Qual a relação entre o consumo de sacolinhas de plástico e o aquecimento global?

-Para cada sacolinha plástica consumida, emite-se 0,0625 Kg de CO2 para a atmosfera, considerando a sua produção e transporte. Se uma pessoa consome, ao mês, 20 sacolinhas, em um ano, terá contribuído com a emissão de 15 Kg de CO2.
Quais os outros impactos das sacolinhas ao meio ambiente?

-O impacto negativo deve-se ao elevado número produzido por ano (cerca de 150 per capita) e ao material não biodegradável do plástico com que são produzidos. Além disso, a manufatura do polietileno faz-se a partir de combustíveis fósseis e acarreta a emissão de gases poluentes.

Mas estas sacolinhas não vão para a reciclagem?

-Infelizmente, cerca de 90% das sacolas plásticas acabam no lixo, não sendo recicladas. No Brasil, são produzidos 210.000.000 de Kg anuais de plástico filme, o que já representa 9,7% de todo lixo do país. Abandonados em aterros, esses sacos plásticos impedem a passagem da água, retardando a decomposição dos materiais biodegradáveis e dificultando a compactação dos detritos.

Em quanto tempo estas sacolinhas se decompõem na natureza?

-Sendo um material que existe há apenas um século, ainda não foi determinado precisamente quanto tempo demora esse processo, mas sabe-se que é superior a 100 anos. É enorme o potencial de danos ao meio ambiente pelas pessoas que jogam plásticos nas ruas, praias, matas, rios e mares.

ECO-BAGS NO MUNDO: Europa e Estados Unidos criaram campanhas e até multas para incentivar alternativas mais ecológicas para o problema do consumo excessivo de sacolas plásticas. Estima-se que, no mundo, sejam consumidas entre 500 bilhões e 1 trilhão delas.
A Irlanda foi um dos países pioneiros no controle do uso indiscriminado do plástico. Em 2001, os irlandeses consumiam cerca de 1,2 bilhões de sacolas plásticas. Depois de introduzir a cobrança de um imposto sobre cada sacola consumida, que valia, na época, US$0,15, o consumo reduziu 90%. Na Holanda as redes de supermercados apostaram nas sacolas feitas com um plástico mais resistente e, portanto, reutilizável, vendidas por R$0,60, em média.

ENQUANTO ISSO NO Brasil, ainda falta regulamentação para o consumo de sacolas. Enquanto isso, podemos dar este primeiro passo, usando nossa eco-bag e adotando uma nova postura de respeito ao meio ambiente.E aí gente, vamos aderir às eco-bags e arrasar no estilo, arrasar nos supermercados ? Vamos viver em harmonia com o meio ambiente e multiplicando boas ações, assim, ampliaremos nossos horizontes com uma conduta responsável.

Móvel para quem é desorganizado

Olhá que interessante este mobiliário didático desenvolvido pelo designer de produto Peter Bristol, ele criou uma cômoda bem curiosa: a Training Dresser, que com suas gavetas em forma de peças de roupa ensina as crianças a se organizar e guardar calças, bermudas, meias e camisetas nos lugares corretos.

Este móvel é bom para aqueles pais que ficam muito tempo fora de casa e não tem tempo para ensinar o filho a ser organizado.

Agora é hora de desenvolver um para todas as idades!

Já curtiu nossa página do Facebook? E no Twitter já está nos seguindo? Está esperando o que? Acompanhe nossa página para noticias, produtos, informação, arte e muito mais!!!